sábado, 24 de abril de 2010

A380 no Brasil

Estive no Aeroporto Internacional de São Paulo / Guarulhos. O aeroporto em questão é o maior da América do Sul e, em vôos internacionais, só perde para o Aeroporto Internacional de Sydney em todo o Hemisfério Sul. É também o terceiro no mundo em vôos atrasados - deu pra perceber que atrasos, lá, são constantes.
Estive no Terminal 2, na Asa D, e notei uma obra de reforma no pátio, bem perto das janelas do último portão do terminal. Como bom estudante de engenharia, fiquei observando e tentando entender o que estavam fazendo, sem sucesso. Não tirei nem uma foto, mas depois pesquisei na internet e descobri que se trata de uma obra de adequação para o aeroporto receber o gigante A380.


Além dessa adequação nos fingers, as pistas serão alargadas para 75m. A principal razão para o alargamento das pistas é para que os propulsores do A380 não fiquem fora da pista. O comprimento das pistas não precisa ser alterado, no entanto.
E, no previsto Terminal 3, já contarão com pontes de embarque com duplo check, que são exclusivas pro A380. Para que os passageiros entrem no avião já nos diferentes andares, aumentando a velocidade de embarque. O presidente da Infraero comentou ainda de um terceiro andar, que seria reservado para vips.
O lado negativo da adaptação é que a infra-estrutura para receber um avião com 800 passageiros não fica só na pista e nos fingers. Já imaginou 2 ou 3 A380s chegando ao mesmo tempo em Guarulhos? O complexo não ia acomodar tanta gente confortavelmente.
Outro problema seria o descarregamento do A380, precisariam arrumar um meio de vencer a montanha de bagagens em tempo hábil, com pessoal capacitado e esteiras novas muito maiores do que as que temos à disposição hoje.
É previsto que o Aeroporto Internacional do Rio de Janeiro também receba o A380 aqui no país. Mais sobre o A380 no Brasil.

(F. Coutinho)

Nenhum comentário: