terça-feira, 31 de março de 2009

Vila ecológica na Amazônia

Um grupo multi disciplinar do INPA (Instituto Nacional de Pesquisas na Amazônia), com apoio financeiro do HABITARE (Programa de Tecnologia de Habitação) e da FINEP, está trabalhando no projeto e construção de uma vila ecológica protótipo no meio da floresta, com a intenção de viabilizar uma moradia ecológica e sustentável que economize energia, utilize bem a iluminação natural e a ventilação da região e seja à base de materiais locais diminuindo ao máximo a utilização de materiais de fabricação poluidora.
Esta vila está sendo construída na sede da Reserva Florestal Adolpho Ducke, em Manaus. A principio serão oito unidades, cada uma delas com 42,92 m² construídos com diversos tipos de materiais, entre eles: bambu, cimento, areia, barro, madeira e telhas cerâmicas. O bambu será usado como estrutura de painéis pré-moldados, criado a partir de estudos de engenharia dos materiais, sendo basicamente uma tipo de taipa de bambu revestida com cimento. Esse revestimento tem a função de proteger o bambu da ação do tempo e da humidade, além de ajudar na função estrutural.
Além da estrutura da casa serão feitos tratamentos de esgoto da região e sistema de coleta e aproveitamento da água das chuvas. A estimativa é que cada habitação custe cerca de R$12.000,00, o que viabilizaria muito mais a construção naquela região. O bambu utilizado será o Bambusa vulgaris vittata, vulgarmente chamado de bambu comum, mesmo não sendo o melhor bambu sul-americano estrutural. Isso devido a grande quantidade desse tipo de bambu encontrado no local, se comparado com o Guadua (melhor bambu estrutural sul-americano).
O projeto conta com arquitetos, engenheiros, biólogos, químicos, entre outros, e com a coordenação da arquiteta Marilene G. Sá Ribeiro. Além da parceria da empresa local J. V. Pires de Almeida.
A cartilha do projeto pode ser adquirida por download, e foi projetada pela coordenadora Marilene e pelo engenheiro Ruy Alexandre.

(L. M. Alves)

Nenhum comentário: